quinta-feira, 14 de março de 2013

Parede de 30% derruba ciclistas no penúltimo dia da Tirreno-Adriático

Stijn Devolder, da Radioshack, foi um que subiu a pé
O percurso de 208 km da penúltima etapa da Tirreno-Adriático nesta segunda-feira (11 de março) testou as pernas dos ciclistas.

Greg Henderson, da Lotto-Belisol, contou com um empurrãozinho
A chuva complicou mais ainda as subidas pelo caminho, com direito paredes com até 30% de inclinação na chegada a Sant’Elpidio a Mare.
Niki Terpstra também sofreu para encarar o paredão

No total, foram 50 desistências. O diretor da prova, Michele Acquarone, inclusive, se desculpou pelo Twitter pela “extrema dureza”.
Dario Cataldo, da Sky, subiu, mas chegou 18min depois do campeão Peter Sagan

Peter Sagan, o vencedor da etapa: “Vitória difícil em dia difícil”

Via - Bikemagazine

Nenhum comentário:

Postar um comentário