quinta-feira, 2 de junho de 2016

Rio 2016: Omega apresenta os sinos de última volta

Bells tolls
A Omega apresentou os 21 sinos de bronze que serão usados  nos Jogos Rio 2016 nas provas de ciclismo de estrada, mountain bike, velódromo e também em algumas modalidades de atletismo.
Os sinos de última volta são feitos praticamente artesanalmente na fundição de Blondeau, próxima ao centro da vila La Chaux-de-Fonds, na Suíça. O interior de cada sino traz gravado a mão o logo dos Jogos 2016 e as palavras: Rio 2016 – Jogos da XXXI Olimpíada.

Para a fabricação é usada areia envelhecida 50 anos retirada de Paris, peneirada e que é colocada num molde e aquecida a 1.200 graus. “Essa realmente é a única coisa que tem feito parte dos Jogos desde o início que não mudou”, diz Serge Huguenin, de 52 anos, dono da pequena fundição. “Por isso, espero que continue, espero que não coloquem um sino eletrônico antes da última volta”, completa.

A fundição, que fez o primeiro sino olímpico para os Jogos de Moscou em 1980, também fabrica os inconfundíveis sinos usados nos pescoços das vacas nas pastagens alpinas e que se tornaram um dos símbolos mais conhecidos da Suíça.

A Omega, com sede na Suíça, é empresa oficial de cronometragem dos Jogos Olímpicos desde 1932 e é a criadora do sistema “Photo Finish”; fabrica também pistolas de partida eletrônicas e câmeras de alta velocidade com precisão de um milésimo de segundo.

Para o Rio 2016, a Omega vai trazer cerca de 450 toneladas de equipamento, 250km de cabos e fibras óticas além de 335 placares eletrônicos e 480 profissionais especialistas em cronometragem.

Mais informações no site www.omegawatches.ch

Via - BikeMagazine

Nenhum comentário:

Postar um comentário